CriticALBA #01 - Filme Shallows (Águas Rasas PT)

Olá, pessoas. 

Hoje está começando aqui no blog um novo "quadro" de crítica de filmes! Eu gosto muito, além dos livros, de filmes, óbvio. Assisto pelo menos sete filmes por semana, e meu namorado é cinéfilo e está me ensinando algumas coisinhas de cinema. Junto com ele escrevi esta crítica para o filme Águas Rasas, que queria ver desde que o trailer saiu.

Todos sonhamos com uma ilha paradisíaca, sem ninguém e com o visual perfeito para relaxar, certo? 


Sim, mas imagine esse sentimento multiplicado por alguém que surfa? 

É justamente isso que se passa na cabeça de Nancy protagonista do filme Shallows que teve sua estréia aqui no último dia 25 (ago/16).

Nancy é uma texana, que gosta de surfar e está viajando para espairecer um pouco em virtude da morte recente da sua mãe e tudo o que ela tem para lembrar dos momentos juntos, se resume nas fotos.

Em uma dessas, tem a mãe em uma tal praia secreta no México e é lá onde toda a estória de desenvolve.

O filme começa bem, a fotografia não deixa muito a desejar no início, as cenas são bem posicionadas até começar as de surf.

Logo quando Nancy decide surfar, é clara a filmagem com drones, o que pode ser excelente em uma visão panorâmica, se não fosse clara a utilização de uma dublê para a atriz Blake Lively, o que torna a cena um tanto forçada, sempre começando com ângulos altos para que o desenvolvimento entre a relação da personagem e o esporte fosse afinado.

Repentinamente, Nancy percebe que não está sozinha na praia e conta com a companhia de dois surfistas locais que curtem o dia com ela até praticamente 30 minutos de filme, que nesse tempo é totalmente composto por surf.

Tudo começa acontecer quando a texana avista uma baleia morta boiando perto de seu local escolhido para pegar as ondas e é ali que tudo se complica. 

A personagem decide voltar da rápida visita pegando uma onda e justamente nesse momento que uma barbatana esbarra em sua prancha, fazendo com que ela tome um caldo, se ferindo nos corais em virtude da força das ondas.

Assim que volta a superfície, o telespectador vê um tubarão surgido do nada que mordeu a perna de Nancy e essa consegue se salvar previamente montando na tal carcaça de baleia.

O resto do filme é bem óbvio e previsível, ela escapa para uma rocha submarina que conta com maré baixa que não estará lá ao amanhecer. 


Vamos as considerações técnicas do filme, começando pelo roteiro

1 - Roteiro 

Quase não existe no filme, mas consegue aparecer bem de forma explicativa através dos poucos diálogos surgidos ao longo da trama, é básico na estréia do roteirista Anthony Jaswinski.

2 - Direção 

A direção não é ruim, mas também não chama a atenção em absolutamente nada, é totalmente mediana, o que para quem viu a média dos filmes do diretor Jaume Collet-Serra (House of Wax, Orphan, Non Stop e Unknow), sabe que o efeito suspense é bem característico dele, então ao menos isso era esperado, mas nada aconteceu.

3 - Atuação e elenco

Todos os atores são altamente medianos e sem muita expressão, é claro que 80% filme conta com uma atuação só da Blake Lively, e é justamente por isso que não existe expressão, ela conta com as mesmas caras e bocas em todos os filmes e não sei se foi a melhor escolha para o papel (apesar de sabermos que ela é muito linda), decepcionou. 

Com certeza o pior do filme é o CGI, para quem não sabe, é o recurso digital utilizado em filmes. Infelizmente para Hollywood é uma relação de extremos, ou é excelente ou podre, o que é o caso do filme em questão, o tubarão do filme é totalmente feito através do recurso o que torna nada convincente e horroroso.

Para finalizar os aspectos técnicos, o figurino é legal e MUITO básico, foi bem escolhido e não saiu da realidade da galera que surfa, como em vários filmes por aí que enfeitam muito.

No geral, não é um filme que vale o seu ingresso no cinema, ou uma nota maior que 4,5 entre 10, apesar da média da popularidade ser medida pelo IMDB e estar em 6,5, você pode encontrar facilmente um torrent pelo Rrbge assistí-lo em Bluray o que aumenta muito em qualidade a experiência cinematográfica. 

Apesar disso eu fiquei bem nervosa em algumas partes e talvez tenha até gritado kkk.

Assista ao thrailer:


Enfim, espero que tenham gostado e se quiser podem me indicar filmes!! Beijos!


2 comentários:

  1. Não gostei, achei bem ofensivo...
    "talvez tenha até gritado" GRIIITO kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tu ia morrer assistindo esse filme kkkk

      Excluir

Tecnologia do Blogger.